Mesmo com vaias no intervalo, Avaí segue líder!

Depois de um primeiro tempo devagar e de um 0x0, o time foi para o vestiário com vaias do torcedor.
Aliás, se for para vaiar o time, que nem saia de casa! Será que o torcedor se esqueceu dos times que esta mesma diretoria montou nos últimos dois anos? Será a torcida ainda duvida da capacidade de montagem de elenco dos profissionais que lá estão? Será que a torcida não está vendo onde estamos na tabela de classificação deste campeonato?
Meu medo é que o torcedor avaiano fique como ficou a torcida do nosso co-irmão quando este estava na Série A: pensavam que torciam para o Real Madrid e vaiavam após 10 minutos de jogo. Esta não é a torcida avaiana que eu conheço!
Mesmo assim, no segundo tempo, o Avaí voltou quente, com várias chances claras de gol. Quando o jogo parecia que estava ficando morno, aos 20 minutos o garoto Clayton, que entrou no lugar do zagueiro Emerson (que foi vetado antes do jogo) fez de cabeça, no mesmo estilo do próprio Emerson, depois de um belo cruzamento.
Aí sim a torcida avaiana voltou a ser aquele décimo-segundo jogador, apoiando e empurrando o time rumo à mais uma vitória!
Aí, o Avaí soube administrar bem a partida, e manteve o resultado até o final, confirmando a liderança isolada da competição!
Agora é pensar na Copa do Brasil quarta-feira, contra a equipe do Coritiba.

2 comentários:

Eduardo disse...

apesar de ainda não ser um grande fã do nosso estimado técnico, acho que realmente a torcida esta abusando muito!!!

Nossa torcida sempre foi a que apoiou e incentivou o time nos piores momentos, que não para de cantar!!! Reclamar é sim um direito do torcedor, e claro cada um tem uma opinião, mas ali durante o jogo o papel do torcedor é apoiar o time, e não tirar sua confiança!!!

Também creio que nosso time não está dando seu melhor, tem sim que melhorar, pois no mata mata não tem quem tenta mais ou joga melhor... fazer o gol da vitória e ponto final.....

E TORCIDA SERVE PARA APOIAR !!

Fábio Fejaum disse...

Valeu Eduardo!
Concordo plenamente com você!
Abraços!

Postar um comentário