Sócio "Corta" Coração?


Muito se tem falado na blogsfera Avaiana sobre a campanha Sócio Coração e os preços absurdos adotados pela mesma este ano na Ressacada. Porém até agora não vi ninguém perguntar para o torcedor que ainda, apesar desse patamar Europeu, que tem comparecido a Ressacada, o que tem achado desta campanha? Você torcedor Avaiano, qual a sua opinião sobre esta campanha que até agora não decolou, e tem que tudo para cair no esquecimento? O Avaí fez certo aumentando absurdamente os preços dos ingressos, ou realmente viramos o Barcelona do Carianos? Dói ou não dói no bolso e no coração pagar este preço para assitir o Leão?

Mande a sua resposta para o e-mail devirada@gmail.com

9 comentários:

Rafael Vidal Eleutério disse...

agora que já cancelei minha carteirinha, exatamente hoje, isso não adianta mais...

Anderson disse...

Rafael,

Claro que adianta. Independente de você ter cancelado a sua carteirinha ou não, nós torcedores do Avaí temos que sempre lutar por situações melhores para nós. Mesmo não tendo condições de participar efetivamente como sócio do Avaí, nunca deixaremos de ser parte integrante de tudo o que ocorre no clube!

Abraços

Fábio Fejaum disse...

Rafael,

o meu desânimo em relação à este assunto é o mesmo que o seu, porém concordo com a opinião do Anderson: cabe a nós ainda lutarmos para que tenhamos melhores condições ao torcedor azurra.
Enquanto há esperança, há luta.

Abraços!

Anônimo disse...

Claro que o Avai é o Barcelona do Carianos.

Quem acha que o Avai de um tiro no pé na questão do reajuste das mensalidades e ingressos, se engana.

Os dirigentes do Avai são na grande maioria empresários, portanto, calcularam o risco destes reajustes para 2010.

Considerando que no returno do Campeonato Catarinense 2009/2010 o número de sócios adimplentes permaneceu praticamente o mesmo, é possivel prever que os reajustes deram um belo incremento na receita do clube.

É a vida. Colocando as paixões de lado, clube de futebol é um négocio que, do ponto de vista empresarial, considera "adequadamente" o torcedor como um cliente.

JulioAzzurra disse...

Futebol é feito com dinheiro. Bom futebol precisa de mais dinheiro ainda.
Que Avaí queremos?
Um Avaí mais caro e lutando na série A, Copa do Brasil e participando de torneios sulamericanos ou um Avaí "barato" com altos e baixos na série B?
Para quem escolhe o preço, em Floripa temos duas opções. O lado de cá da ponte e o lado de lá.

JulioAzzurra disse...

A afirmação é: Sócio Coração não decolou.

Quantos sócios tem o Avaí hoje? Não sei.

Então porque "não decolou"?

A média de público na Ressacada é bem semelhante ao do estadual do ano passado.
Mas tem algumas diferenças:
1. RBS transmitindo - jogos de madrugada, começando 21:50 e terminado só no dia seguinte.
2. PFC do catarinense - ano passado não tinha...

Qual é o fato que te faz afirmar que a campanha não decolou?

Anderson disse...

Julio,

Se o futebol é caro, porque no tricolor do estreito os preços para sócio sempre tiveram o preço de R$ 40,00 reais e is ingressos custavam R$ 30,00? Que a campanha não decolou é evidente, pois um time que é campeão estadual no ano passado, faz uma campanha fenomenal no campeonato brasileiro mais disputado de todos os tempos, começa o ano com um público menor do que o tricolor do estreito é vergonhoso. Mas vou mais afundo, porque você acha, que o Avaí hoje, defendendo o título estadual, com uma campanha maravilhosa na série A, investimentos no clube, não conseguiu ainda botar um público de série A na ressacada?
Concordo com você, para se ter um time de série A necessitamos de investimento, mas o torcedor nunca vai conseguir arcar com tudo isso. Quem tem que angariar fundos é a diretoria do clube, que ao invés de emprestar e vender as nossas estrelas a preço de banana, muitos indo sem o pagamento da multa recisória para o clube, querem de toda maneira tirar de quem menos pode nisto tudo!

Abraços

JulioAzzurra disse...

Anderson,

O torcedor não pode e não deve arcar com tudo isso. Mas tem que arcar com a sua parcela. E a parcela aumentou.

Cabe a direção buscar outras fontes: Cotas de TV, patrocínios, parcerias, licenciamentos, etc...

Vejo o Avaí fazendo isso. O que ainda não está OK é o patrocinador master. Já veio a KOMECO e renovaram com a UNIMED e VVOA.

A RBS está pagando para Avaí e Figueirense bem menos que o Ypiranga-RS recebe no Gauchão. Tem que fazer pressão no "da Barba".
Somos os que menos recebem na Cota Globo da série A.
Nossos craques saem a preço de banana... por acaso saíram por preço menor que o Avaí pagou para tê-los?
Não sei como funciona a remuneração do Avaí sobre atletas e a relação da LA nestes casos.
Sobre a parceria, acredito que até o momento, a LA e o Avaí ganharam. Parceria onde os dois ganham. É claro que há limitações.
Acho que esta história de parceria é uma estratégia de curto a médio prazo. Mas pode mudar.
Mas sobre o assunto, os preços subiram, e deveriam subir. Acho que ainda falta um preço diferenciado para os torcedores que trazem a família, pois pagar o preço cheio de hoje fica realmente difícil.

Anderson disse...

Julio,

Concordo com você, o que eu não concordo é com o patamar que o torcedor Avaiano está agando. Um reajuste de digamos R$ 10,00 em cada setor seria plausivel, agora um aumento absurdo da maneira que foi feita, sem se preocupar com o torcedor não dá. Estamos na série A, e por isso deveriamos ter uma equipe de série A. Isto é planejamento. Se o Avaí adotasse modalidades para torcedores, como acontece nos vizinhos Grêmio e Internacional teriamos com toda certeza, preços ótimos, campo lotado e dinheiro em caixa. Com relação a cota de TV, a culpa é dos clubes. Todos eles, pois são eles que assinam tanto os contratos de TV, como o regulamento do campeonato, que prejudicou o Avaí neste primeiro turno! Acredito que, cada um tem que cuidar da sua parte, a Diretoria dos direitos e deveres do clube, o torcedor dos seus direitos e deveres. Quando esse limite ultrapasse o que o torcedor pode arcar, ai meu querido, ele passa de torcedor presente a torcedor de radinho! Ai quem ganha não é o Avaí, e sim as emissoras de televisão e rádio!

Abraço

Postar um comentário