Que o Avaí siga o exemplo Por Jorge Jr

Fui ao café oferecido pelo Figueirense à imprensa no memorial do clube, no Orlando Scarpelli. Além de rever taças e troféus, deu pra bater um papo com amigos da imprensa que não via há bastante tempo. Sem falar nos quitutes oferecidos, com boa variedade e gosto de primeira.

A turma de blogueiros avaianos sempre chamou de "café com brócolis", dizendo que a imprensa se vendia ao clube por uma meia dúzia de pão de queijo e afins. Claro que o Figueirense não banca um rango de graça. Foi apresentada a diretoria executiva. Uma apresentação bem informal.

Abrir as portas do clube à imprensa, principalmente para aqueles que não estão todos os dias lá, como é o meu caso, foi um gol a favor. A transparência entre veículo de comunicação e fonte, no caso o clube, precisa existir. Como estou do lado da imprensa, achei de grande valia essa proximidade. Não é todo dia que você conversa com um investidor que bota milhões no clube enquanto espera na fila pra pegar um suco de laranja.

Hoje, ponto pro Figueirense por fazer essa reunião. Espero que o Avaí faça o mesmo. Não se comprometeu ser só Figueirense no jornal, não foi vendido espaço para foto gigante do patrocinador. Houve um encontro profissional, de aproximação. O torcedor que não enxerga a parceria dos veículos de comunicação com os clubes é um burro. Burro mesmo. Pior ainda os que só veem aquilo que querem ver, ou seja, a turma da conspiração. Para esses, sinceramente, não perco tempo respondendo.

E se vale como dica para o Avaí, ao final do evento todos os presentes receberam uma camisa oficial do Figueirense pela participação. O marketing do Figueira já está agindo.

11 comentários:

Rafael Filipi Botelho disse...

Grande galerinha DeVirada

Não acho que isso deve servir de exemplo não. Quem quiser saber sobre o Avaí, entre em contato com a área responsavel e corra atras da matéria. É o tipo de reuniao que serve pra alugar bocas, tanto que ja começou. E se quiserem comer salgadinho, passa numa padaria mais proxima de casa.

Muitos jornalistas só querem encher a pança de graça e qdo não tem eles tocam o pau. Tanto é que já surgiram criticas sugerindo q o Avaí faça o mesmo.

É o que acho amigos!!!

Abraço

Anderson disse...

Grande Pepecão,

Mas você mais do que ng sabe que hoje contar com o Avaí é meio complicado. Nem todos tema acesso as informações. Acho que uma iniciativa como esta feita pelo time do estreito sempre é valida.

Abraços

Alexandre Carlos Aguiar disse...

De forma alguma e discordo plenamente, Anderson. Isso não é comportamento de profissional de imprensa. Aceitar bombocados e presentinhos da sua pauta. É o poste mijando no cachorro. Imagine um policial rodoviário aceitando presentinhos de Natal de uma companhia de caminhões.
Não, não, nada disso. Acabou a isenção.
Se quiserem contato com o clube que vão à luta, marquem hora com a assessoria de imprensa, com a diretoria de marketing, etc.
Duvirarei, a partir de agora, de todas as matérias da mídia local a respeito deles.

Fábio Fejaum disse...

Dá-lhe Botelho!

Então rapaz, na minha visão, concordo com o que o Jorge falou: "A transparência entre veículo de comunicação e fonte, no caso o clube, precisa existir. "

No passado, mesmo com aqueles churrasquinhos que ofereciam aos blogueiros, havia um integração muito bacana entre diretoria e blogs. Hoje não há nada.

Valeu pela visita guri!
Abraço!

Fábio Fejaum disse...

Alexandre,

Respeito sua opinião, mas discordo. Como escrevi em resposta ao Botelho, vejo que hoje a desorganização na divulgação de informações do Avaí é gigantesca. O ponto não é se é um coquetel ou se é um churrasco, mas sim abrir as portas, quebrar um pouco daquela "casca".

No final, quem ganha é o clube (com sua imagem divulgada mais amplamente) e os jornalista/blogueiros, com maior volume de informação em mãos.

Abraço!

Elite Azul & Branca disse...

Fejaum, Fejaum, Fejaum... muita ingenuidade amigo. O objetivo não é de informa. Informação tem no site, em releases, em telefonema pra diretor, assessor de imprensa e etc. Isso que foi feito chama-se amaciar a imprensa, só isso.

abraço

Rogério

Fábio Fejaum disse...

Rogério,

Como neste teve um participante isento (o nobre amigo Avaiano Jorge Jr), levo o relato dele como lei. Pelo que notamos, este não foi um autêntico "Café com Brócolis" (como todos sabemos que ocorre).

Não estou aqui defendendo o Café com Brócolis, mas sim uma reaproximação com a diretoria, como ocorria no passado.

Abraços!

Alexandre Carlos Aguiar disse...

Meu querido Fabio, acho que está havendo uma ligeira confusão. Abrir as portas para a transparência é uma coisa. Ter um bom relacionamento com a mídia é o indispensável.
Oferecer uma boca-livre com direito a presentinhos é algo completamente diferente. é acintoso e revela cooptação. Consulte os maiores jornalistas esportivos do Brasil e veja quem é quem. Faça uma análise crítica.
E eu, como blogueiro, não quero churrasquinhos do Avaí. Quero que seja competente, apenas isso.
Que ninguém me chame de burro por eu duvidar da moral de um jornalista profissional que participa disso.

Fábio Fejaum disse...

Alexandre,

Se a diretoria abrir as portas, mesmo sem quitutes ou presentes, já será um avanço. Infelizmente, hoje nem isso ocorre. Aí que está o ponto chave do meu questionamento...

Abraços!

Ismael disse...

Se vc fosse magro eu acreditaria que não se comoveu com os salgadinhos.

#R3#Leao disse...

Ai AI O Brocolense sempre encontra um meio de encher a Barriga dos bocas alugadas da midea da capital,, se bem que nao dou mais houvidos a esses tipos comunicadores.. por outro lado vejo como positivo esse contato mais pena que esse contato sempre e para alugar bocas e td e lindo no lado de Lah da ponte ja aki no sul da ilha td e questionado e levado como falta de experiencia..
Ai ai ... nao da nada pra nois td e mais Dificil..Vai pra cima deles LEAO...

Postar um comentário