Um novo técnico pelo amor de Deus! (por Maria Luiza Gil)

Achando que ele estava disponível no mercado, inicialmente o nome a ser explorado nesse post era o de Renê Simões, treinador cuja competência é inquestionável. Já treinou as seleções brasileiras sub 17 e sub 20 conquistando um campeonato sul-americano por cada uma. Tem títulos internacionais como Liga do Qatar, Copa do Caribe de Seleções e Jogos Asiáticos. Nacionais, como Campeonato Baiano e o Brasileiro da série B de 2007. Além de um vice-campeonato nas Olimpíadas de 2004 com a seleção feminina. Doce ilusão. Ele só está afastado do Atlético Goianiense - time que ele salvou do rebaixamento em 2010 – porque se recupera de cirurgia.

No afã de tentar fazer minha parte e tentar derrubar o Benazzi, fiz uma lista. Todos os técnicos listados estão desempregados e, mesmo com defeitos, são infinitas vezes melhores que o nosso atual comandante.

PC Gusmão – como auxiliar técnico já foi campeão do mundial de clubes pelo Corinthians. Já treinou Palmeiras, Botafogo, Ceará, São Caetano e Cruzeiro. Com este último, foi duas vezes campeão Mineiro. Foi também campeão brasileiro da série C pelo Atlético Goianiense. Recentemente foi demitido do Vasco pelo fiasco no início do campeonato carioca.
Ponto fraco: tem um grande histórico de demissões meteóricas.

Vagner Mancini – o técnico teve uma passagem controversa pelo Grêmio, e foi contratado pelo Vitória, onde provou sua qualidade como técnico, conquistando o campeonato baiano e permanecendo até chamar a atenção do Santos. No clube paulista ele chegou a 75% de aproveitamento e foi vice-campeão paulista. Em 2010, esteve no Vasco, onde não teve sucesso, sendo transferido para o Guarani, último time que comandou. O título mais importante da carreira é a Copa do Brasil de 2005, conquistado com o Paulista.
Ponto fraco: costuma morrer na praia.

Estevam Soares – seus títulos principais são: um campeonato potiguar, um alagoano e um título internacional – campeão libanês pelo Olympic Beirut. Ele teve uma passagem rápida e frustrada pelo Gama, mas depois, engrenou uma carreira sólida pelos outros times que treinou. Entre eles estão: Ponte Preta, Palmeiras, Al-Ittihad (Arábia Saudita), Portuguesa, Barueri, Botafogo e Ceará.
Ponto fraco: não tem muitos títulos.

Quem vocês preferem?

8 comentários:

julio disse...

MINHA QUERIDA LUIZA...PERDÃO, MAS PARTICULARMENTE TROCO TODOS OS NOMES POSTOS POR VOCÊ, POR UM APENAS - RENÊ SIMÕES. CONCORDAS?
JÚLIO RICHARD CÂMARA -RICA-

Sergio Jr disse...

Anderson estamos afinados. Sem tecnico nao chegaremos a lugar nenhum. Domingo enquanto Joceli do Santos fez com seu limitado elenco belas substituiçoes, nosso professor esperou até os ultimos momentos para fazer mais M. Pra mim Rene seria meu preferido, por razoes ja citadas no momento nao teria como assumir nosso Leao, entao fico com PC Gusmão que fez milagres no Ceara.

Fábio Fejaum disse...

Julio, Sergio e Luiza,

Também fico com a opção número um: Renê Simões. Mas infelizmente, este está mais longe do que queremos.

Do que "sobra", entre PC Gusmão e Mancini, acho que ambos estariam de bom tamanho. Mas tem um que corre por fora, e só não volta agora (eu acho), porque ele acabou dizendo muito do que não devia e isso fez parte da torcida - com razão - ficar P. da vida com ele: SILAS.

Abraços!

Eduardo disse...

olha companheiro...

o Benazzi é ruim... mas nenhum desses encaixariam no time do avaí...
não tem o perfil avaiano... agora o SILAS eu ainda acho ele um bom técnico... com perfil avaiano.... mas ainda não é hora dele... braço a torcer agora? NÃO NÉÉ.... Lembrando também que ele (SILAS) sempre começava os campeonato mau e terminava bem, sempre mexia errado, sempre escalava errado... MAS NO FIM DEU CERTO!!

Não gosto do Benazzi, mas ei, mudança o quanto antes.. ou de técnico ou de classificação!!!

Maria Luiza Gil disse...

Julio, Sérgio, Fábio e Eduardo,
bem que eu queria poder incluir técnicos melhores na lista. Mas os citados são os melhores entre os que estão disponíveis.
Não incluo o Silas porque sou rancorosa e não quero ele de volta no Avaí.
Não dá pra engolir o que ele fez e voltar a gritar "Silas" na mesma Ressacada em que ele destratou a nossa torcida.
Ele já provou que não tem caráter, e, mesmo que peça desculpas, nada apaga o que ele fez.
Pode vir de joelhos, se eu fosse o Zunino, mandava pr'aquele lugar.
Pode parecer cego e irracional, mas enquanto existirem até duas pessoas no mundo, eu opto pela outra e não ele.

Da minha lista, prefiro o Mancini.
Mas se é pra vir o Silas, que fique o Benazzi!

Anônimo disse...

Estevam Soares, Mancini, P.C.Gusmão: um desses 3, tendo realmente vontade em trabalhar no Avaí, muito provavelmente teríamos finalmente um treinador em 2011! Certamente a estrutura do clube e o elenco agradariam ao novo treinador, só não agradam ao Benazzi mesmo (é o costume em "treinar" times com menos intimidade com a bola, de preferência clubes paulistas).

Paulinho disse...

Só para contrapor os nomes: Estevam Soares é horrível. Eu gosto do Mancini, mas caiu com o Guarani (e teve muito tempo para trabalhar o time). PC é muito enganador e já foi técnico dos barbies, não se lembra? O melhor para time está na sub20, que é o Ney Franco.
Paulinho

Anônimo disse...

Tete , o nosso técnico pelo sim e pelo não é o Benazzi , não devemos fazer campanha contra , acho que devemos dar uma pouco mais de tempo ao tempo.
A. Miguel.

Postar um comentário