Derrota e Laércio.

Normal
Em Barueri, pela penúltima rodada da Série B 2012, o Avaí é derrotado pelo lanterna da competição por 2x0. Resultado normal, claro. Anormal era o Avaí, com um time mediano (pra não dizer medíocre), depois que de não ter mais chances de classificação, começar a vencer todas. Toca o barco.
Carreirinha
Muito se tem falado sobre a tumultuada tentativa do Avaí em tentar renovar o contrato de Laércio. Mas verdade seja dita: esse guri teve todas as oportunidades do mundo na Ressacada e sempre foi um jogador meia boca. Ainda lembro, como se fosse ontem, logo após o gol dele contra o tricolor do Estreito no Scarpelli (ver vídeo acima), o meu amigo Anderson ainda me fala:
"-Po, tinha que ser logo o Laércio? Agora vamos ter que aguentar ele por mais dois anos na Ressacada." 
Sim, compartilhava na mesma ideia que ele. Não aguentava mais ver tantos técnicos insistirem em alguém que não tinha futebol suficiente para um time profissional. Pra mim, era mais uma Marquinhos Rosa, Cedenir e tantos outros que eram "queridinhos da diretoria" e a torcida não aguentava mais. Manda o cara ir pra outra!
Mas logo agora que seu contrato está para vencer, quando o time do Avaí não tinha mais opções de ataque, ele começa a se destacar? Aí nem o dirigente mais incompetente - e disso o Avaí o está cheio - poderia imaginar uma virada de jogo do guri. Mas convenhamos: está muito longe de ser craque. A única coisa que o Avaí precisa fazer, é tentar ganhar algo nas futuras negociações do atleta. E apenas isso.

1 comentários:

Sergio Nativo Junior disse...

Tem o meu aval. Seria o primeiro ato sensato e único acerto desta diretoria em 2012.

Postar um comentário