Perdeu, mas evoluiu!

Se havia um jogo considerado como "derrota aceitável fora de casa" nesta Série B, este era justamente contra o favorito do campeonato, o Palmeiras. Sim, perdemos por 2x1 fora de casa. Sim, mais uma vez, duas bobeiras da nossa defesa. Sim, insisto que se tivéssemos três zagueiros, nossa zaga estaria mais protegida e a história poderia ser diferente.
Mas uma coisa não posso deixar de lembrar: na noite de hoje o Avaí não se encolheu. Em nenhum momento do jogo tomamos pressão do adversário. Fomos mais agredidos pelos fracos Oeste e Guaratinguetá do que pelo também fraco (mas nem tanto) Palmeiras. E isto eu considero uma evolução!
O Avaí poderia hoje ter 10 pontos, se Leandro Silva não tivesse assistido a bola no primeiro gol do Palmeiras e se nossa zaga tivesse marcado o goleirão no primeiro jogo contra o Oeste.
Mas por outro lado, hoje o Avaí acumula 7 pontos em 4 partidas, sendo que três delas foram fora de casa, o que dá um bom aproveitamento de 58%, onde apenas 25% dos jogos foram na Ressacada.
Estamos evoluindo sim! Mas agora, na próxima sexta-feira diante de nossa torcida, o Avaí precisa confirmar que está crescendo no caminho certo e vencer o Joinville. E nada além disso.

3 comentários:

Raniere disse...

Fábio, credito esta derrota ao Ricardinho, pois desde o final do primeiro tempo o meio do time avaiano já estava pedindo água, principalmente M10, Eduardo Costa e Alê.
Começou o segundo tempo e os mesmos citados continuaram andando no segundo tempo e o treineiro não mexeu no time. Na minha opinião era para ter colocado o Thiesen (não é uma brastemp) no lugar do Alê ou Eduardo Costa, assim como Diego Jardel no lugar do M10.
Concordo contigo, o Avaí evoluiu e jogou bem, mas sem um técnico ligado no jogo, não conseguiremos subir nesta "teta" que é a série B neste ano.
Grande abraço.

Fábio Feijão disse...

Raniere,

Concordo contigo. Desde o início desta série B, não tem um jogo que Ricardinho não é citado por "ter deixado de fazer alguma coisa".

Acho que depois de quatro rodadas, já está na hora da diretoria começar a procurar um novo técnico. Ricardinho não dá mais.

Abraço!

Portal do Seu Cunha disse...

Não sei se evoluiu, sei que o Avaí nas mãos de Ricardinho continua o mesmo, sem esquema de jogo.

Postar um comentário