LA Sports, o Avaí hoje e o Avaí de amanhã...

Analisando o quadro de atletas da LA Sports hoje, pude conferir que o maioria dos atletas da empresa tiveram passagens marcantes pelo Avaí:
Goleiro: Zé Carlos (BOM)
Zaga: Emérson (EXCELENTE, ídolo no Avaí)
Laterais: Eltinho (EXCELENTE), Pará (BOM), Luis Ricardo (BOM)
Volantes: Batista (BOM), Léo Gago (EXCELENTE), Marcos Paulo (BOM), Bruno (BOM), Júnior Urso (BOM)
Meias: Davi (BOM), Cléverson (BOM), Dinelson (BOM), Robinho (BOM), Jefferson (BOM)
Ataque: William (EXCELENTE), Roberto (BOM), Leonardo (BOM), Vandinho (BOM)
Desde a saída da LA Sports do Avaí que o time decaiu. O Avaí vem investindo em parcerias ilusórias, diretores de futebol sem experiência no cargo, treinadores com nomes na mídia mas que de experiência dentro de campo como treinador ainda não tem!
O Avaí hoje padece do mal da maioria dos clubes Brasileiros: FALTA ATACANTE. Mas porque não fazer uma aposta certa ao invés de investir em dezenas de atletas de empresários que só DEUS sabe se irão vingar? Essa é uma pergunta que o torcedor deve se fazer desde a saída de William.
O que será do Avaí hoje no Brasileiro da série B: A campanha é ruim, a zaga é ruim, o clube está teoricamente sem dinheiro, mas porque continua rasgando dinheiro com jogadores que entram e saem e todos sabemos que nunca dariam certo no Avaí? Temos um dos melhores meios de campo do Brasil hoje, porém não temos uma zaga bem postada, um volante que passe segurança de fato e o principal, um atacante que faça gols.
Temos muito campeonato pela frente, mas todos sabemos que sem um atacante só se esse elenco que aí hoje se encontra fizer um milagre para subia à série A, ou eles incorporam o espírito do atual treinador Hémerson Maria, e jogarem dando a vida como o fizeram na conquista do Catarinense ou será mais um ano perdido literalmente.
E o que será do Avaí no futuro: Muitos pedem a mudança de gestão dentro do clube, a qual o atual Presidente João Nilson Zunino prezou e preza tanto em toda a sua carreira até hoje. Não culpo Zunino pelo que acontece hoje com o Avaí, até porque ele sempre será lembrado como o Presidente que tirou o Avaí da lama (LAMA sim, porque o Avaí estava penando quando ele assumiu o clube) e transformou a MARCA AVAÍ conhecida Nacionalmente, e ele não pode fazer tudo sozinho. Em profissão nenhuma ninguém faz nada sozinho, e no futebol dentro e fora de campo também não é diferente. Acho sim que o Avaí tem que mudar, já é a segunda temporada de investimentos errados, falta de planejamento e tiros no escuro. O ano de 2013 ainda não está perdido, mas precisamos sim de contratações de peso urgente, e se não o fizermos com avidez certamente ficará difícil conquistar o acesso à série A. Não está difícil subir não, todos nós vemos o nível técnico (Péssimo por ser dizer) da série B hoje, porém se não formamos um elenco e mantermos um treinador para dar prosseguimento ao trabalho como fora feito nos anos que subimos e consequentemente tivemos a melhor campanha de todos os clubes catarinenses em uma série A, vai ficar difícil subir só contando com a sorte!

5 comentários:

Anônimo disse...

Caro Blogueiro,
Dizer que o Avai estava na lama quando deixamos a o clube é ser muito mal informado, ou pior. Gostaria de ver seus argumentos e números para poder contraditá-los.

No aguardo.
Flávio Félix
ex-Presidente

guilherme disse...

Olha, não sou nem perto um dirigente de futebol, mas contratar vinicius bovi, um jogador velho para o futebol, que nunca mostrou nada em lugar nenhum, não da para entender....é gostar de rasgar dinheiro

anderson climaco disse...

Caro ex Presidente Flávio Felix,

Quem sabe devo ter usado o adjetivo errado, não quis dizer LAMA no sentido de sem dinheiro ou com dividas surreais se foi nesse sentido que o senhor se sentiu ofendido. Joguei no Avaí na sua época nas categorias de base, e tenho toda a convicção que você como outros Presidentes que passaram pelo Avaí vestiram a camisa de fato. Fizeram muito pelo clube de acordo com o que lhe eras permitido, a LAMA literalmente falando, me refiro a marca AVAÍ FUTEBOL CLUBE, que na epoca que o atual presidente Zunino assumiu estava sim desvalorizada. As categorias de base não tinham naquela epoca a estrutura que tem hoje. O Zunino não só modernizou o Avaí como um todo, como transformou o clube em uma empresa. Toda a mudança tem seus prós e seu contras, porém a mudança foi muito válida nesse sentido. O pouco tempo na série A deu ao Avaí notoriedade no meio futebolístico, craques que nunca viriam jogar no modesto Avaí, vieram e vêm hoje pra cá. Tempos distintos, objetivos semelhantes. Cada qual teve o seu mérito de acordo com o tempo que passou pelo Avaí. Desculpe se fui ostensivo demais e espero ter esclarecido as duas dúvidas.

Sem mais.

Anderson
OBS: Sou seu fã como sou do Zunino também por tudo que fizeram e fazem pelo Avaí, Forte Abraço!

Anônimo disse...

Caro Anderson,
Agradeço sua respeitosa resposta, embora com dados absolutamente equivocados. Não discuto mérito do Zunino, isso é subjetivo. Mas os nosso discuto. E bem.
Primeiro com relação a marca Avai, que não estava desvalorizada. Tínhamos um clube recém campeão brasileiro, campeão estadual, campeão dos juniores.Tínhamos um contrato de patrocínio com uma das grandes empresas do ramos do pais, a Portobello. Tínhamos um contrato de fornecimento de material, PARA TODAS as categorias, com fornecimento de 10.000 peças anuais (Penalty), mais percentual nas vendas, creio que melhor do que hj. Deixamos nos depósitos do clube, caixas com 150 bolas zero, dezenas de materiais completos de jogos. Isso tenho assinado a sua disposição. Deixamos milhares de peças para a administração posterior. Talvez vc tenha essa imagem do começo de nossa administração. Queres uma cópia disso, do recebimento deles ?
Nós sim, demos início a modernização do clube. Fomos o primeiro clube quiçá do Brasil a ter contrato com a Unimed. Fomos o primeiro do Brasil a ter uma grife, Avay Sport Line, com grande sucesso que acabaram. Construimos a sede social, que acabaram. os primeiros campos de treinos.Isso sem um tostão sequer do governo, diferente de agora. Recursos próprios e da torcida.

Entregamos o clube com a folha em dia, inclusive 13 salário dos funcionários, o que não ocorre a algum tempo.
Enfim, dirigimos o clube por pouco tempo e acabamos com as diretorias amadoras (futebol), não remuneradas e no pouco tempo que administramos conquistamos estadual, brasileiro, junior (depois de 20 anos), juvenil e recuperamos a marca do clube, com inúmeras ações e conquistas. Sabias que contratamos a Nei para assar nossos jogos da Spérie C, colocando a imagem em ginásios para a torcida, coisa jamais feita até então?
Mais, em 2001, quando entregamos, tínhamos ficado em quarto no brasileiro, classificação suficiente para a fácil ascensão a série A nos dias de hoje.Por fim, em 4 anos de mandato, meia dúzia de ações trabalhistas, tão somente. Se quiseres melhor comparar quem melhor administrou, entregamos o clube com a menor dívida entre todos os clube do estado e com participação na Série B, Copa Sul/Minas, Copa Brasil.
Quanto a jogadores, podemos dizer que no ano seguinte que Carlão foi vice campeão brasileiro pelo Botafogo, o contratamos, como Dão, também, vice brasileiro, sem fala em Altar,Cesar Silva Itá, Gean, Cleber, Zambiasi, Alex Rossi, e outros jogadores tão de destaques quanto outros posteriores. Marquinhos, foi revelação nossa, como tantos outros vendidos posteriormente pela nova diretoria do Zunino.(Edno, Douglas, Fantick, etc)
Por isso e muito mais que poderei elencar se quiseres, não admito críticas sem fundamentos.

Só quem pegou um clube, ai sim, realmente sem nada, com 200 sócios, sem patrocinador, sem fornecedor de material, sem torcida e sem jogadores, com dezenas de ações trabalhistas sabe como maltratam tais comparações descabidas.

De outra forma, te parabenizo pela suas colocações posteriores. Mostra que tens bom caráter. São raras as pessoas que admitem um exagero sequer.

Me queira bem

Flávio Félix

anderson climaco disse...

Caro ex Presidente Flávio Felix,

Posso até ter me equivocado da gestão, quem sabe errei a troca da presidência, mas quando o Zunino assumiu, mesmo com todas os beneficios citados acima o Avaí não andava em um mar de rosas. Sem desmerecer o trabalho feito pelo senhor, nem tão pouco dos antecessores, mas foi em uma fase complicada, derrepente não tão complicada quanto a sua, mas complicada. Gostaria sim se o senhor pudesse me enviar por e-mail: devirada@gmail.com esses dados, para que assim possa me retratar com um post falando justamente disto, até porque o que me tenho de informação não seria bem essa realidade descrita acima. De qualquer forma, parabenizo o trabalho feito pelo Avaí, como Avaiano admirei o trabalho feito e os titulos conquistados na sua gestão..

Sem Mais.

Anderson

Postar um comentário