Ano novo, problemas velhos!

Zagueiro Pablo. Foto: Infoesporte
Hoje, em seu primeiro jogo oficial no ano de 2014, o Avaí perde por 2x1 em Ibirama, contra o time da casa.
Em campo, as minhas preocupações após acompanhar um jogo treino do Avaí contra o Brusque se concretizaram. Transcrevo uma frase que eu havia escrito no dia 15/01, logo após este jogo:
"E a nossa zaga formada por Pablo e Bruno Maia, extremamente lenta, sem ritmo e perdida em campo. Por diversas vezes, assistiu o Brusque tocar a bola ou quando dava o bote, era com atraso, fazendo faltas perigosas."
Sim, eu ainda tinha esperanças que esse problema iria ser corrigido até a estreia no Catarinense, mas não foi. Pablo principalmente, se destacou negativamente na zaga pela sua falta de qualidade técnica.
Além do problema da zaga, nosso ataque teve medo de chutar a gol. Em um dos lances por exemplo, Marquinhos, ainda no primeiro tempo, recebeu limpo a bola na grande área, porém por preciosismo resolveu tentar tirar do zagueiro ao invés de bater de primeira e assim perdeu uma chance clara de gol.
No final, um empate seria um bom resultado para o Avaí, mas não tivemos competência para recuperar o marcador. Final: 2x1 para o Ibirama.
Enquanto isso, fora dos gramados...
Não é de hoje que é uma vergonha o "estádio" do Atlético de Ibirama. Atrás dos gols, onde não há arquibancadas, vendem ingressos para os torcedores assistirem em pé, apoiados em um alambrado enferrujado.
Se já não bastasse este absurdo, veja a denúncia escrita pelo narrador Rafael Araldi em seu twitter:
E enquanto isso, é sempre um parto as autoridades "competentes" aprovarem a Ressacada no início do Campeonato Catarinense. Ora por um parafuso a menos, ora por uma pintura desbotada. Tão de brincadeira!

1 comentários:

Carlos Eduardo Ludvig disse...

Fora Marquinhos, não quer mais nada com a bola, vive para cobrar escanteios (ridículos) e faltas (fez qtos gols de falta na carreira??)!! Fora Pablo e Bruno Maia, fraquissimos!!! Fora Betinho e Luciano, pois não jogam nada!!!

Postar um comentário