Parte 2: As Parcerias

Muito está se comentando sobre possíveis parcerias nos lados da Ressacada para este ano de 2014. E sobre este assunto, a diretoria também foi direta na reunião que ocorreu nesta segunda feira:
JMalucelli, do Paraná
Esta informação foi dada primeiramente na coluna do Roberto Alves e segundo o presidente Nilton Macedo, não procede.
O presidente do Avaí falou que somente após ser erroneamente divulgado que os "diretores do Avaí estariam prontos para se reunir com o pessoal da parceria em Jurerê Internacional", é que um representante da tal parceria do Paraná entrou em contato com a diretoria avaiana, fazendo uma proposta não muito consistente, oferecendo o mesmo valor que a Caixa oferece hoje ao Avaí (o que está muito longe de ser um "avião russo") e que além disso, teria como premissa participar ativamente da gestão do clube. Permanecendo nesses moldes, o presidente negou na hora qualquer possibilidade de parceria. 
Ela terminou antes mesmo de existir.
AS Esportes, do Rio de Janeiro e Habib's
No caso desta parceria, houve uma conversa entre o ex-jogador André Santos e Sardá na sala da diretoria da Ressacada. Dentre os assuntos abordados na conversa, foi o patrocínio do Habib`s, que é uma marca na qual o André Santos tem uma franquia no Rio de Janeiro. A proposta ainda está sendo estudada pela diretoria avaiana, porém só ela não resolve os problemas financeiros do Avaí. Não é uma "parceria milagrosa que resolve tudo" como está sendo dito por aí e muito menos o contrato foi assinado nesta segunda-feira, como noticiado pelo jornalista Gustavo Bossle.
Em resumo, entre essas duas parcerias que foram anunciadas como certas, podemos afirmar que apenas a AS Esportes está em fase de estudo e que a parceria com o JMalucelli, caso permaneça nesses termos atuais, está fora de cogitação.

2 comentários:

André Rodrigues disse...

O da foto provou que entende tudo de futebol... para ele Cristiano Ronaldo só joga para o espelho... é um jênio!!! OS intermediários, que nada sabem, que nada criam, são os mais perigosos, porque precisam de algo para permanecer na crista da onda, imagina por tanto tempo!

Fábio Feijão disse...

André,

É a Era das parcerias exclusivas que não se concretizam. Tudo chute.

Mais uma prova que a blindagem que a nova diretoria está propondo quanto ao vazamento de notícias está funcionando como nunca.

Abraços!

Postar um comentário